/pt/conselho/1026/caminhadadocapitulo1209
Congregação das Irmãs de São José de Chambéry | NOTÍCIAS

Choose your language:


  • NOTÍCIAS

    13 de Set, 2021

    CAMINHADA DO CAP√ćTULO / 12-09


    O MIST√ČRIO PROFUNDO CONTINUA A SE MANIFESTAR E A SUSTENTAR-NOS

     

    O terceiro dia desta jornada capitular come√ßou com a reflex√£o da Irm√£ Marian Ambr√≥sio sobre 'imersas no esp√≠rito'. Para compreender profundamente esta frase, a irm√£ a demonstrou com a ajuda de uma vela e um f√≥sforo. A chama de luz √© o resultado de um gesto de comunh√£o entre o f√≥sforo e outra fonte de energia. O f√≥sforo √© usado apenas uma vez. Depois de dar seu sim, ele morre para si mesmo. O momento de produzir luz √© √ļnico para o f√≥sforo.

     

     

    Al√©m disso, ela convidou as participantes a refletirem sobre o Evangelho do dia - Mc. 8, 27-35. Jesus tem plena consci√™ncia de quem √© e de sua identidade e miss√£o na terra; ele quer a confirma√ß√£o de seus disc√≠pulos, se eles conhecem sua verdadeira identidade. Assim, ele lhes confiaria a continuidade de sua miss√£o. A mesma pergunta que Jesus fez aos seus disc√≠pulos √© feita a cada uma de n√≥s: ‚ÄėE voc√™, irm√£, quem diz que eu sou?

     

    Irm√£ Marian resumiu o texto do Evangelho dizendo:

     

    - O mistério profundo que continua a nos atrair e a sustentar

    - A liberdade incondicional para dar nossa resposta pessoal

    - A atitude profética para ser testemunha da opção de ser discípula de Jesus.

     

    O PROCESSO DE DISCERNIMENTO ESPIRTUAL - F√Č, ESCUTA, DI√ĀLOGO, INDIFEREN√áA

     

     

    Irmã Maria Murcia iluminou o grupo sobre o processo de discernimento espiritual. A Jornada Capitular é um evento que nos chama a viver profundamente a partir de uma perspectiva de fé. O discernimento nos convida a peneirar os movimentos do Espírito para reconhecer a ação de Deus em nós - pessoalmente e como Congregação. Para isso, precisamos ouvir como um discípula. Nenhuma de nós tem uma verdade completa, mas juntas, em espírito de diálogo, podemos entender os impulsos do Espírito.

     

    O discernimento exige que cada irm√£ se preocupe genuinamente com o bem de todas, com a vitalidade da Congrega√ß√£o e sua miss√£o hoje. Significa ser capaz de ‚Äúabrir m√£o‚ÄĚ de minhas ideias e desejos em favor do que √© para o bem comum. Requer liberdade interior n√£o apenas individualmente, mas tamb√©m comunitariamente. Na linguagem inaciana, isso √© chamado de "indiferen√ßa".

     

    Precisamos, individual e coletivamente, estar cientes de nossos desejos mais profundos para descobrir para onde Deus est√° nos levando hoje. Espera-se que cada uma de n√≥s aqui tenha um grande cora√ß√£o, seja capaz de ir al√©m dos limites de nossa pr√≥pria agenda e preocupa√ß√Ķes comunit√°rias, para reconhecer que estamos aqui em nome de todos, de toda a Congrega√ß√£o. Precisamos enfrentar a verdade do que realmente est√° acontecendo em nossa Congrega√ß√£o e em nosso mundo. Precisamos acreditar nas palavras de Jesus, 'a verdade nos libertar√°'.

     

     

    POR QUE VOCÊ NÃO FOI ZUSYA?

     

    ¬†Irm√£ Maria Murcia narrou a hist√≥ria do Rabino Zusya. ‚ÄúAntes de sua morte, Rabino Zusya disse: No mundo vindouro, eles n√£o me perguntar√£o: Por que voc√™ n√£o foi Mois√©s? Eles me perguntar√£o: ‚ÄúPor que voc√™ n√£o foi Zusya?‚ÄĚ

    Para conhecer mais umas √†s outras, Ir. Maria apresentou algumas perguntas √†s participantes para refletir e compartilhar no grupo de l√≠nguas mistas. No plen√°rio, as irm√£s ressoaram suas reflex√Ķes e compartilhamentos.

     

     

    Para concluir, Irmã Sally agradeceu às facilitadoras, tradutoras e membros da CIC. Finalmente, ela convidou as participantes a rezar e discernir novos rumos para nos movermos para onde o Espírito está nos conduzindo.

     

    Ir. Shakila Francis - Regi√£o do Paquist√£o

    Galeria de Imagens:




    Comentários