• Testemunhos

    11 de Abr, 2017

    Ir. Marie Georges Collin


     Depois de ter dedicado sua vida a serviço das pessoas doentes, como enfermeira nos hospitais e/ou a domicílio, Ir. Marie Georges está na casa de Repouso Clos São José. Ela passa longos momentos em oração, tricota meias para os refugiados e/ou pessoas sem domicílio fixo e “bonés” para as obras assistenciais dos Frères des Pauvres. Juntamente com Irmã Marie des Neiges, Ir. Marie Georges integra uma rede de tricoteiras da França. 
     
    Estes bonés são enviados a Paris para a sede da Organização e colocados na tampa de pequenas garrafas de suco que por ocasião do Natal, são vendidas com um acréscimo de vinte centavos de Euro. Este valor a indústria deste suco repassa às “Obras Frères des Pauvres”. No ano de 2015 as “tricoteiras associadas” fizeram 350 mil bonés, o que gerou uma renda de mais de 30 mil Euros para as obras sociais. Somente nossas Irmãs no Clos São José fizeram mais de mil bonés.
     
    Em agosto, Ir. Marie Georges caiu e fraturou o braço esquerdo, mas está bem e se recuperando.
     




    Compartilhe:

    Galeria de Fotos


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.