/pt/provincia/527/encontrocomaslideresdaeuropa3dia
Encontro com as Líderes da Europa - 3° dia | Congregação das Irmãs de São José de Chambéry | Províncias/Regiões
  • Províncias/Regiões

    25 de Ago, 2018

    Encontro com as Líderes da Europa - 3° dia


     Pondo-se no lugar de outro – Usar o sapato do outro
    Rosalba Scaturro

    Ficamos realmente comovidas com o exercício dos sapatos. Mariaelena e Anette - que coordenaram o trabalho hoje - depois de ler as palavras que Deus dirigiu a Moisés diante da sarça ardente (Êx 3: 5), convidaram-nos a tirar um sapato e escolher um da pessoa ao nosso lado. Então fomos convidados a andar.

    Deixar o seu próprio sapato não era, para muitas de nós, muito difícil. Mas colocar o de outro foi. Isso ocorre porque o sapato toca a pessoa em um nível íntimo, tomando a forma do pé da pessoa, ao contrário de um suéter que não o faz. Pessoalmente, eu encontrei a sandália que eu coloquei desconfortável, mas me levou a pensar que o importante, mesmo com sapatos diferentes, é alcançar o objetivo.

    Essa experiência levou a muitas reflexões no grupo: caminhar no lugar de outra nos permite entender algo mais sobre a pessoa que as deu; é importante andar com sapatos confortáveis, mas quando somos chamados a compartilhar um projeto comum, o importante é alcançar o objetivo; e também, quando vivemos em uma cultura diferente da nossa, é necessário entrar nela totalmente e deixar de viver com meias medidas.


    Compartilhando a riqueza de nossa diversidade

    Angela Ramme

    Eu só quero compartilhar algumas impressões que tive sobre o workshop artístico que tivemos na tarde de sexta-feira. Ir. Mariaelena nos pediu para refletir sobre a questão: Como minha cultura pode ser uma fonte de recurso para este grupo europeu? E nos pediram para fazer isso de maneira criativa. Temos papel, lápis e plastecine, usados para expressar nossa cultura como um recurso para nosso grupo. Ir. Mariaelena nos acalmou, dizendo que ninguém esperava que fôssemos um Michelangelo. Conseguimos meia hora para criar nossa foto ou esculturas e depois nos encontramos em três grupos para compartilhar nossas reflexões e nossa arte.

    Na partilha do grupo senti a riqueza da diversidade que as diferentes culturas trazem ao nosso grupo europeu. Na minha cabeça, vi a imagem de ser um corpo de Irmãs de São José na Europa, onde todas as partes são importantes: a forte fé em Deus do povo irlandês, aprofundando sua fé através da crise de abuso; a colorida cultura indiana; a cultura italiana, tão acolhedora com sua hospitalidade e orgulho de sua cultura. Sim, o grupo italiano pode ser o coração do corpo para o grupo europeu, com jovens Irmãs que querem se envolver na realidade contemporânea e acolher as necessidades ao nosso redor. A cultura dinamarquesa foi expressa por uma irmã na forma de uma tigela verde. Isso me mostrou que nós, da Dinamarca, apesar de termos muitas irmãs mais velhas, poderíamos oferecer nosso belo ambiente ao grupo europeu.





    Compartilhe:

    Galeria de Fotos


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também: