• Notícias Gerais

    07 de Mar, 2019

    8 de março, DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES



    Queridas Irmãs, Leigas e Leigos do Pequeno Projeto e Amigos,
    O caminho para o reconhecimento da dignidade e dos direitos das mulheres é talvez a mais longa revolução da história.

    Na agenda da ONU para o Dia Internacional da Mulher deste ano está o tema "Rumo a um Planeta 50-50 em 2030". É um tema que busca reforçar o papel das mulheres em todos os níveis. Colocar o foco na igualdade de gênero, ainda por vir, requer políticas adequadas em matéria de remuneração e emprego, serviços públicos, incluindo proteção contra violência doméstica e sexual, e acesso à educação e tecnologia, a fim de promover o avanço de mulheres e meninas.

    A pesquisa das Nações Unidas está longe de ser encorajadora. Menos da metade das mulheres adultas são empregadas no mercado de trabalho oficial e com um salário de 20 a 40% mais baixo do que o dos homens em termos profissionais. Um terço das mulheres trabalhadoras deixam o emprego por causa da maternidade.

    Femicídio, estupro, assédio nas ruas e no trabalho, e os abusos e violências perpetrados on-line como continuação da violência doméstica são uma praga que quase todos os dias figuram vergonhosamente nos noticiários em todo o mundo. Não existe uma idade particular para este vórtice desumano de violência, que em muitos casos já ocorreu antes dos 20 anos de idade. O que estamos fazendo para mudar a cultura e as tradições que nutrem e alimentam a desigualdade feminina? Como estamos comprometidas/os em derrubar a ordem que, como um dado “natural”, foi autorizada a continuar a dominação de um sexo sobre o outro por séculos?

    O Papa Francisco observou recentemente que “a persistência de uma certa mentalidade machista existente, mesmo nas sociedades mais avançadas, transforma as mulheres em súditas e, na Igreja, seu serviço“se resume mais a papéis de servidão do que de serviço verdadeiro”.

    As mulheres têm o direito de serem livres para viver sem medo, para se locomoverem ou se sentirem seguras em seus lares, para desenvolver seu potencial, para participar da tomada de decisões e serem reconhecidas em sua dignidade. Em diferentes áreas do planeta, nossas comunidades estão lutando ao lado das mulheres, construindo caminhos de avanço social e empoderamento, mas ainda é uma ação local.

    A desigualdade de gênero é universal, mas de maneira alguma é inevitável. Parar a desigualdade de gênero requer a mobilização de todos os movimentos nacionais de mulheres, líderes, organizações e indivíduos. Queremos fazer parte disso? Queremos contribuir para um mundo em que mulheres de todas as culturas e religiões tenham os mesmos direitos e a mesma liberdade que os homens? Vamos nos juntar às melhores iniciativas de mobilização e campanhas de conscientização em nossa sociedade e na Igreja Católica, buscando fortalecer as vozes de todas as mulheres e lutar por seu reconhecimento.

    Um Bom Dia para as Mulheres, para todas vocês, Irmãs, Leigos e Leigas e a todos os Amigos do sexo masculino que reconhecem o gênero feminino e querem um "planeta 50-50"!

    O Conselho Geral
     




    Compartilhe:

    Galeria de Fotos


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também:
  • 17 de Mar, 2019

    Memória dos meus 16.425 dias seguindo Jesus Cristo. Port/Esp


    Madina Moroña Suárez. Nacida en San Joaquín el 10 de mayo de 1973 – Profesión de los Primeros votos: 27 de febrero de 1994 Eu tenho a idad... leia +
  • 17 de Mar, 2019

    Festa de São José


       Março de 2019 Queridas Irmãs, Leigos e Leigas do Pequeno Projeto e amigos/as, “… depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um an... leia +
  • 28 de Fev, 2019

    Irmã Sally e o encontro no Vaticano sobre a Proteção de Menores na Igreja


     Queridas Irmãs, Obrigada pelas orações pelo encontro sobre a Proteção de Menores na Igreja realizado no Vaticano. Como vocês sabem, esta é uma sit... leia +
  • 22 de Fev, 2019

    Vivência Intercultural: Entrar no universo cultural do outro


     Hoje, todos nós vivemos num mundo cada dia mais conectado. Cada vez mais, vamos nos apropriando de meios e recursos tecnológicos diferentes, simple... leia +
  • 20 de Fev, 2019

    Papa convoca um Sínodo sobre a Amazônia.


     Papa Francisco ciente da situação da Amazônia, acolhe a proposta dos Bispos Latino-americanos para a convocação de um Sínodo da Amazônia. A ideia é... leia +
  • 18 de Fev, 2019

    O Jovem, a fé e o Discernimento Vocacional


         Foi um privilégio para mim, como membro da UISG, participar da XV Assembléia Geral Ordinária, Sínodo dos Bispos, realizada de 3 a 28 de outubro... leia +
  • 17 de Fev, 2019

    Irmã Herman Joseph Pookoden


      Celine (Irmã Herman) nasceu em 24 de setembro de 1935, em Thrissur, Kerala, na Índia. Aos 20 anos, ela entrou no Convento de São José, em Sagar, na... leia +
  • 07 de Fev, 2019

    Interculturalidade


      No período de 23 de janeiro a 1° de fevereiro de 2019, aconteceu na sede da União Internacional das Superioras Gerais (UISG), o encontro sobre a In... leia +
  • 02 de Fev, 2019

    Brasil: Capítulo Provincial Eletivo


     Passamos para outra margem... A Província Brasileira concluiu, no dia 30 de janeiro de 2019, em Itu/SP, o segundo Capítulo Provincial após a uni... leia +
  • 29 de Jan, 2019

    Província brasileira elege Nova Equipe Provincial


    A Província das Irmãs de São José de Chambéry no Brasil elegeu hoje, em 29 de janeiro de 2019, o novo Conselho Provincial que liderará a província nos... leia +