• Notícias Gerais

    18 de Fev, 2019

    O Jovem, a fé e o Discernimento Vocacional


      

     

    Foi um privilégio para mim, como membro da UISG, participar da XV Assembléia Geral Ordinária, Sínodo dos Bispos, realizada de 3 a 28 de outubro de 2018 em Roma, Itália, com o objetivo de cuidar e acompanhar os jovens em sua jornada de discernimento vocacional durante este tempo de “mudança de época” na sociedade e na Igreja. Os organizadores viam o discernimento como um instrumento pastoral, capaz de identificar os caminhos que os jovens de hoje devem seguir. O discernimento não foi apenas para ajudar os jovens a ver seu caminho mais claramente, mas, para a Igreja ouvir sua realidade vista através dos olhos dos jovens, para que ela pudesse escolher fazer as mudanças necessárias para abraçar os jovens com suas esperanças, sonhos e perguntas, permitindo que eles sejam líderes na Igreja.

     

    Conhecer a realidade da juventude em nossa Igreja envolveu uma escuta atenta de suas experiências e de suas buscas de como melhor seguir Jesus e qual a melhor maneira de encontrar Deus. Era essencial que os Cardeais, os Bispos e todos os participantes vissem o contexto  atual em que os jovens vivem, não o que presumimos ser sua realidade. Isso aconteceu no Salão do Sínodo, em pequenos grupos de discussão e durante os intervalos e saídas.

     

    Fiquei impressionada com o nível de abertura e aceitação de todos os participantes, mas especialmente dos cardeais e bispos, que realmente tentaram escutar uns aos outros e aos jovens e permitir que os jovens respondessem ou reagissem à sua própria maneira, incluindo aplausos no Salão do Sínodo, quando ouviram o que consideraram apresentações cheias de esperança.

     

    Alguns dos jovens participantes do Sínodo e os que estiveram presentes nas reuniões pré-sinodais nem sempre se sentiram em casa ou foram bem- vindos à nossa Igreja. Enquanto muitos estavam envolvidos de alguma forma com a Igreja, muitas vezes como ministros da juventude ou diretores diocesanos da juventude, outros eram menos engajados. Uma jovem, criada como católica, nomeou-se agora como ateia, no entanto, uma pessoa que estava a procura.

     

    Os jovens pediram que os escutássemos, de maneira diferente, sem julgá-los e o que ouvíssemos em liberdade, estando dispostos a dialogar com eles. Os jovens querem que passemos tempo com eles e confiemos que não são jovens demais para serem responsáveis ou líderes em nossa Igreja. Os jovens são cheios de paixão, com experiências de vida variadas, algumas muito duras e dolorosas, como viver diariamente com a guerra no Iraque, ficar sem casa, ter pais abusivos.

     

    Todos eles têm  sede de aprofundar sua fé, conhecer mais sobre Deus e se envolver mais na Igreja. De nós, esperam respeito, aceitação, transparência, autenticidade, tempo, espaços onde possam se reunir conosco e compartilhar de nossa vulnerabilidade e nós compartilharmos com eles.

     

    Eles querem que todo o povo de Deus seja bem-vindo em nossas Igrejas, independentemente de seu gênero, orientação sexual, raça, status econômico. Os jovens nos oferecem grande generosidade, paixão por Deus, serviço aos mais pobres, energia para viver sonhos e apoiar a Igreja nos bons e maus momentos. De fato, em um dos últimos dias, ao oferecer ao Papa alguns pequenos presentes, um declarou: “e sempre apoiaremos você e nossa Igreja nos bons e maus momentos”. Foi um momento muito comovente e um apelo a cada um de nós.

    Ir. Sally Hodgdon





    Compartilhe:


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também:
  • 22 de Mai, 2019

    Missão em Pilzen, República Tcheca, comemora a conclusão de seu trabalho missionário


      No sábado, 18 de maio de 2019, a Igreja de Pilzen, República Tcheca, reuniu-se para celebrar e agradecer às Irmãs Gisela Heitz e Jaya Mathew pelos ... leia +
  • 29 de Abr, 2019

    Noviças haitianas


    Em fevereiro deste ano duas jovens haitianas: Djhoulise Métellus e Yolecie Auguste (da Congregação de São José Vallier) celebraram a entrada para a... leia +
  • 28 de Abr, 2019

    Gestão Contemporânea


      Gestão é uma atividade comum a todos os seres humanos que estejam com um funcionamento suficiente de suas faculdades mentais, psicológicas e emocio... leia +
  • 19 de Abr, 2019

    Aleluia! Este é o dia em que Javé agiu: exultemo-nos e alegremo-nos com ele. (Sl 118)


      Queridas Irmãs, Leigos e Leigas, Amigos e amigas, Bênção Pascais a cada um e a cada uma de vocês! Nós olhamos para um túmulo vazio, um que er... leia +
  • 18 de Abr, 2019

    Formadas por Jesus para dar pés aos sonhos


     Irmãs de São José de Chambery, oriundas de diversas partes do mundo, participaram  da Sessão Internacional para Formadoras dos dias 1 a 14 de abril... leia +
  • 27 de Mar, 2019

    Chamada, escolhida e enviada em missão ...


       A vinda de jovens indianas à França para responder ao chamado à vida religiosa, envolveu toda a nossa congregação. Portanto, é justo que toda a co... leia +
  • 17 de Mar, 2019

    Memória dos meus 16.425 dias seguindo Jesus Cristo. Port/Esp


    Madina Moroña Suárez. Nacida en San Joaquín el 10 de mayo de 1973 – Profesión de los Primeros votos: 27 de febrero de 1994 Eu tenho a idad... leia +
  • 17 de Mar, 2019

    Festa de São José


       Março de 2019 Queridas Irmãs, Leigos e Leigas do Pequeno Projeto e amigos/as, “… depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um an... leia +
  • 07 de Mar, 2019

    8 de março, DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES


    Queridas Irmãs, Leigas e Leigos do Pequeno Projeto e Amigos, O caminho para o reconhecimento da dignidade e dos direitos das mulheres é talvez a ma... leia +
  • 28 de Fev, 2019

    Irmã Sally e o encontro no Vaticano sobre a Proteção de Menores na Igreja


     Queridas Irmãs, Obrigada pelas orações pelo encontro sobre a Proteção de Menores na Igreja realizado no Vaticano. Como vocês sabem, esta é uma sit... leia +