• Notícias Gerais

    06 de Out, 2018

    Ir. Sally Marie Hodgdon, Vice-Presidente da UISG - Auditora



    Reflexões:

    Santo Padre, irmãos cardeais e bispos e irmãos e irmãs, 
    “estejam unidos em suas convicções e unidos em seu amor, com um propósito comum…” são as palavras de São Paulo em sua mensagem encorajadora e desafiadora aos primeiros cristãos Filipenses e as palavras da Primeira Leitura das Escrituras para nossa missa de abertura ontem.

    Estamos todos aqui por causa desse amor comum por Jesus Cristo, que nos chama a uma vida em comum, enraizada nos valores do Evangelho e centrada em torno de nosso único propósito de ajudar os outros a experimentar e viver plenamente o amor pessoal de Deus.

    Como representante da UISG e religiosas em todo o mundo, encorajo a todos nós a deixar qualquer coisa que seja um bloqueio ao movimento deste Espírito de construir essa vida e amor juntos. Nós viemos como uma comunidade sinodal, uma comunidade cujo foco é escutar de forma diferente os jovens, escutar com a graça de uma abertura maior do que jamais tem sido oferecida anteriormente. Nossos fundadores e fundadoras eram mulheres e homens que assumiam riscos, que escutavam de forma diferente a realidade deles e as necessidades das pessoas e agora é a nossa vez de fazer o mesmo.

    Estamos aqui para oferecer-nos como companheiros, para acompanhar os jovens a tornarem-se conscientes de suas esperanças e sonhos e discernir um modo particular de viver o amor de Deus em sua realidade atual. Somos convidados a arriscar a criação de novos espaços para os jovens, espaços onde suas vozes são ouvidas e onde eles podem experimentar livremente e com segurança a melhor maneira de expressar seus anseios e expressar o que estão procurando.

    Devemos encorajar nossa juventude, permitindo que eles ajudem a recriar a Igreja de Jesus; projetar o que é uma igreja acolhedora e aberta e que se pareça com a de hoje, uma comunidade de Igreja onde não há competição, mas sim uma partilha de dons de mulheres e homens em todos os níveis; uma Igreja que acolhe a diversidade de culturas, de oração e maneiras variadas de viver como membros comprometidos.

    Estamos dispostos a ouvir e respeitar suas perguntas... deixar que façam suas perguntas ... ajudar a explorar suas perguntas? Eles nem sempre estão buscando respostas, mas podemos acolher seus questionamentos. Nós também temos questionamentos com os quais precisamos conviver. Podemos convidar os jovens a caminhar conosco nessas questões? Podemos permitir que nosso amor comum por Jesus seja o espaço em que todos nos encontramos e crescemos?

    Nossa Igreja e a Sociedade estão caminhando em uma nova jornada, uma jornada difícil e com muitas crises, uma jornada que tem novas oportunidades e possibilidades. Sim, nossa Igreja tirou a inocência de muitos jovens e agora estamos tentando nos arrepender e devolver ... mas para uma geração de quem a inocência foi despojada de uma maneira diferente, despojada pela não aceitação, fazendo a juventude se sentir invisível, e oferecendo-lhes alguns modelos que não tinham integridade, transparência e autêntica vida evangélica.

    Para escutar de forma diferente, devemos estar dispostos a ser transparentes, a sermos vulneráveis diante da juventude de hoje e a caminhar ao lado deles. Podemos compartilhar nossa paixão de maneiras que estimulem as centelhas da vida dentro deles, mas não os dominem nem os julguem?

    Estamos abertos a expandir o círculo paroquial de liderança para incluir mais jovens com a liberdade de liderar de maneira diferente? Estamos abertos a termos Conselhos de Juventude em todas as dioceses? Podemos estabelecer um Conselho Internacional da Juventude para explorar necessidades e ideias e compartilhá-las em um nível global com o Vaticano, com as Conferências de Bispos e Superiores Maiores? Será que vamos criar mais espaço para capacitar Irmãs, Irmãos, e diretores espirituais leigos para acompanhar a juventude em nossos espaços educacionais, em nossas paróquias e outros lugares?

    Este é um momento para os jovens compartilharem liderança conosco, para os jovens serem co-criadores e para desafiar todo o povo de Deus a viver mais plenamente nosso propósito comum de revelar o amor de Deus. Podemos estar abertos e caminhar neste caminho com eles?
    Irmã Sally




    Compartilhe:


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também:
  • 17 de Mar, 2019

    Memória dos meus 16.425 dias seguindo Jesus Cristo. Port/Esp


    Madina Moroña Suárez. Nacida en San Joaquín el 10 de mayo de 1973 – Profesión de los Primeros votos: 27 de febrero de 1994 Eu tenho a idad... leia +
  • 17 de Mar, 2019

    Festa de São José


       Março de 2019 Queridas Irmãs, Leigos e Leigas do Pequeno Projeto e amigos/as, “… depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um an... leia +
  • 07 de Mar, 2019

    8 de março, DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES


    Queridas Irmãs, Leigas e Leigos do Pequeno Projeto e Amigos, O caminho para o reconhecimento da dignidade e dos direitos das mulheres é talvez a ma... leia +
  • 28 de Fev, 2019

    Irmã Sally e o encontro no Vaticano sobre a Proteção de Menores na Igreja


     Queridas Irmãs, Obrigada pelas orações pelo encontro sobre a Proteção de Menores na Igreja realizado no Vaticano. Como vocês sabem, esta é uma sit... leia +
  • 22 de Fev, 2019

    Vivência Intercultural: Entrar no universo cultural do outro


     Hoje, todos nós vivemos num mundo cada dia mais conectado. Cada vez mais, vamos nos apropriando de meios e recursos tecnológicos diferentes, simple... leia +
  • 20 de Fev, 2019

    Papa convoca um Sínodo sobre a Amazônia.


     Papa Francisco ciente da situação da Amazônia, acolhe a proposta dos Bispos Latino-americanos para a convocação de um Sínodo da Amazônia. A ideia é... leia +
  • 18 de Fev, 2019

    O Jovem, a fé e o Discernimento Vocacional


         Foi um privilégio para mim, como membro da UISG, participar da XV Assembléia Geral Ordinária, Sínodo dos Bispos, realizada de 3 a 28 de outubro... leia +
  • 17 de Fev, 2019

    Irmã Herman Joseph Pookoden


      Celine (Irmã Herman) nasceu em 24 de setembro de 1935, em Thrissur, Kerala, na Índia. Aos 20 anos, ela entrou no Convento de São José, em Sagar, na... leia +
  • 07 de Fev, 2019

    Interculturalidade


      No período de 23 de janeiro a 1° de fevereiro de 2019, aconteceu na sede da União Internacional das Superioras Gerais (UISG), o encontro sobre a In... leia +
  • 02 de Fev, 2019

    Brasil: Capítulo Provincial Eletivo


     Passamos para outra margem... A Província Brasileira concluiu, no dia 30 de janeiro de 2019, em Itu/SP, o segundo Capítulo Provincial após a uni... leia +