• Notícias Gerais

    03 de Mai, 2018

    Um bom lugar para a vida religiosa estar


     Todos os anos, o Conselho Administrativo da Solidariedade com o Sudão do Sul, reúne-se em Roma, com a finalidade de avaliar as atividades desenvolvidas no Sudão do Sul e rever, implementar e incrementar as linhas de Ação contidas no Plano Estratégico em vigor desde o ano de 2015. Este ano o evento realizou-se na Casa geral dos Lassalistas, de 16 a 20 de abril.

    A Solidariedade com o Sudão do Sul é um projeto que reúne a “paixão por Cristo e a paixão pela humanidade” e expressa a colaboração de Institutos religiosos masculinos e femininos, membros da UISG e Igreja no Sudão do Sul, que trabalham em parceria com a Conferência dos Bispos sudanesa.

    O objetivo inicial da Solidariedade com o Sudão do Sul objetiva criar programas autossustentáveis na área da educação, da saúde e da pastoral, com a finalidade de ajudar e capacitar o povo Sul Sudanês a construir uma sociedade justa e pacífica.

    A solidariedade está fazendo tudo o que pode através dos programas e da colaboração de trabalhadores humanitários para auxiliar no processo de cura de traumas, de construção de reconciliação e paz. Os membros da Solidariedade enfrentam condições desafiadoras constantes e crescentes nas três áreas, devido a guerra civil que continua causando um grande impacto na vida do povo deste jovem país: fome, violência, medo, ódio, suicídio, abusos sexuais, ignorância, evasão escolar, desesperança,...

    A presença religiosa neste contexto é profética por sua natureza. O Bispo sul sudanês, Herculanorepetidamente afirmava: “embora a realidade seja conflituosa e perigosa, a vida religiosa, no estilo do projeto da Solidariedade é um bom lugar para a vida religiosa estar. A vida religiosa está ajudando a criar um modelo eclesial para a Igreja. É único”. As comunidades são formadas por padres, irmãs, Irmãos, leigos e leigas. É força e sustento para a comunidade a partilha da vida, da fé, dos diversos engajamentos, a paixão de estar servindo a Cristo na pessoa dos mais pobres, indefesos e sofredores. O que une os membros é o Evangelho e a riqueza está na partilha dos dons dos carismas congregacionais, dos talentos individuais e na força da comunidade. Não se fala aqui de interculturalidade, mas vive-se no quotidiano da vida o que esta implica.

    São muitas as necessidades: capacitar educadores, preparar enfermeiros e enfermeiras, escutar e ajudar a curar as feridas causadas pelos abusos sexual e de outras formas de violência, preparar catequistas, animadores de liturgias, trabalhar com jovens, ensinar Teologia, etc. Alguns requisitos são importantes, mas não excludentes. É preciso saber inglês!

    Acesse o site da Solidariedade https://www.solidarityssudan.org/ e veja quanta riqueza está sendo partilhada e as razões de ser um belo lugar para a vida religiosa estar.

    Ieda Tomazini




    Compartilhe:

    Galeria de Fotos


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também:
  • 22 de Mai, 2019

    Missão em Pilzen, República Tcheca, comemora a conclusão de seu trabalho missionário


      No sábado, 18 de maio de 2019, a Igreja de Pilzen, República Tcheca, reuniu-se para celebrar e agradecer às Irmãs Gisela Heitz e Jaya Mathew pelos ... leia +
  • 29 de Abr, 2019

    Noviças haitianas


    Em fevereiro deste ano duas jovens haitianas: Djhoulise Métellus e Yolecie Auguste (da Congregação de São José Vallier) celebraram a entrada para a... leia +
  • 28 de Abr, 2019

    Gestão Contemporânea


      Gestão é uma atividade comum a todos os seres humanos que estejam com um funcionamento suficiente de suas faculdades mentais, psicológicas e emocio... leia +
  • 19 de Abr, 2019

    Aleluia! Este é o dia em que Javé agiu: exultemo-nos e alegremo-nos com ele. (Sl 118)


      Queridas Irmãs, Leigos e Leigas, Amigos e amigas, Bênção Pascais a cada um e a cada uma de vocês! Nós olhamos para um túmulo vazio, um que er... leia +
  • 18 de Abr, 2019

    Formadas por Jesus para dar pés aos sonhos


     Irmãs de São José de Chambery, oriundas de diversas partes do mundo, participaram  da Sessão Internacional para Formadoras dos dias 1 a 14 de abril... leia +
  • 27 de Mar, 2019

    Chamada, escolhida e enviada em missão ...


       A vinda de jovens indianas à França para responder ao chamado à vida religiosa, envolveu toda a nossa congregação. Portanto, é justo que toda a co... leia +
  • 17 de Mar, 2019

    Memória dos meus 16.425 dias seguindo Jesus Cristo. Port/Esp


    Madina Moroña Suárez. Nacida en San Joaquín el 10 de mayo de 1973 – Profesión de los Primeros votos: 27 de febrero de 1994 Eu tenho a idad... leia +
  • 17 de Mar, 2019

    Festa de São José


       Março de 2019 Queridas Irmãs, Leigos e Leigas do Pequeno Projeto e amigos/as, “… depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um an... leia +
  • 07 de Mar, 2019

    8 de março, DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES


    Queridas Irmãs, Leigas e Leigos do Pequeno Projeto e Amigos, O caminho para o reconhecimento da dignidade e dos direitos das mulheres é talvez a ma... leia +
  • 28 de Fev, 2019

    Irmã Sally e o encontro no Vaticano sobre a Proteção de Menores na Igreja


     Queridas Irmãs, Obrigada pelas orações pelo encontro sobre a Proteção de Menores na Igreja realizado no Vaticano. Como vocês sabem, esta é uma sit... leia +