• Comissões Internacionais

    03 de Jun, 2013

    A serviço da Vida


    Revendo toda a minha caminhada de Vida Religiosa Consagrada, o que mais me chama a atenção no nosso Carisma e é marcante na missão que vivencio são a unidade, a simplicidade, o amor, a confiança e a entreajuda. Essas características fazem-me sentir a vida do outro e a agir por amor e com ternura, para que o outro se sinta feliz e esteja bem. Faz com que não se renuncie a nenhum auxílio solicitado, pois o carisma coloca-me sempre a serviço da vida.

    Acredito que em minha missão, o trabalho pela Justiça e Paz é desencadeado pela certeza de que qualquer pessoa tem capacidade de cuidar e de proteger a vida. Em cada pessoa com quem trabalho, percebo que ela vive um processo de reconhecimento do ser pessoa, dos valores, dos dons e potenciais humanos. Neste contexto, procuro mostrar que, mesmo com todas as dificuldades existentes na vida, é possível ajudar-se mutuamente e trabalhar pelo bem comum. Com alegria e confiança enfrento limitações e sacrifícios necessários e dedico-me a qualquer tipo de serviço, desde que esteja a serviço da vida. Alimentada pela nossa espiritualidade, procuro estar a serviço dos mais pobres e escolher sempre o que é correto. A interação, a mútua ajuda, a força da unidade da vida comunitária fazem com que eu seja perseverante na missão e no serviço em favor da vida; é força para estar lá onde Deus quer que eu esteja a serviço da vida.

    Hoje, no meu dia a dia, a atividade concreta é viver a Unidade de maneira silenciosa e aberta a ação de Deus. No contato com as pessoas cultivo uma atitude de escuta atenta, de coração aberto, de diálogo, de renúncia em favor dos mais pobres, daqueles que não têm vez e nem voz, dos que vivem sozinhos, doentes, dos que são insignificantes para a sociedade. Estando junto com os mais pobres, compartilho as fortes experiências de Deus que os mais pobres fazem no seu dia a dia: atitude de escuta e de respeito humano. Sempre provoco para que haja partilha, o cuidado do meio ambiente para que todos tenham a dignidade da vida. É preciso mostrar os valores da vida, e ver de quais as responsabilidades da vida que estão ameaçadas, seja das pessoas, seja da natureza. Para mim a vida deve estar a serviço da vida da maneira mais abrangente possível. Procuro fazer a minha parte sempre me questionando e questionando. A motivação maior de tudo é a luta pela vida.

    Como conclusão: o essencial de tudo é o bem, a vida, a contemplação da presença e da ação de Deus que experimento no contato diário com a natureza, no cuidado, na doação, no encontro com as pessoas, enfim, na rede da vida que nos rodeia e perpassa o mundo todo.

    Irmã Angelina Bortolotto
    Província de Lagoa Vermelha, Brasil




    Compartilhe:


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também:
  • 05 de Out, 2018

    Trabalhadores Migrantes: Uma Experiência Ásia-Pacífico


    A recente Conferência Regional sobre Trabalhadores Migrantes com realidades asiáticas foi a terceira na série de reuniões que trataram das questões ... leia +
  • 19 de Ago, 2018

    Declaração como Corpo Congregacional sobre a Nicaragua


      Condenar a violência em curso na Nicarágua Solidariedade e Desejos de Paz na Nicarágua. Nos últimos meses o povo da Nicarágua tem sido ví... leia +
  • 11 de Ago, 2018

    Encontro Internacional da Comissão de Comunicação


    Comunciadoras de Esperança Profética  A Comissão Internacional de Comunicação da Congregação está reunida em Garibaldi de 08 a 13 de agosto para o ... leia +
  • 24 de Jun, 2018

    PROJARI, uma experiência de comunicação construtora da paz


     A Associação Beneficente São José, entidade das Irmãs de São José, através do projeto PROJARI, desenvolvido há 31 anos na cidade de Guaíba-RS/Brasil,... leia +
  • 03 de Abr, 2018

    Diálogo Internacional sobre Migração


     Os Estados membros das Nações Unidas têm estado em conversações e negociações recentes sobre o Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regu... leia +
  • 28 de Fev, 2018

    Pobreza multidimensional abordada na ONU


     Com o foco no SDG 1 (Fim da pobreza em todas as suas formas em todos os lugares), o tema da 56ª Comissão de Desenvolvimento Social deste ano (29 de j... leia +
  • 19 de Dez, 2017

    Declaração Universal dos Direitos Humanos


     Em 11 de dezembro, eu estava na ONU, em Nova York, para o início de uma campanha de um ano para marcar o 70º aniversário da Declaração Universal dos ... leia +
  • 20 de Nov, 2017

    Migrantes e a ONU


     Durante a minha presença mais recente na ONU, em Nova York, em 2 de novembro, ouvi o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados dirigir-se ... leia +
  • 19 de Out, 2017

    CARTA ABERTA


     CARTA ABERTA DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DE SÃO JOSÉ DE CHAMBÉRY   “Justiça e Paz se abraçarão” (Sl 85,11). “Eu vim para que todos/... leia +
  • 27 de Abr, 2017

    JPIC: Pinta-nos com a cor da carne


     O ser humano que somos é a revelação de Deus a ser descoberta e construída. Ele se encarna para que o nosso corpo assuma a cor de Sua carne, que noss... leia +