• Comissões Internacionais

    19 de Ago, 2018

    Declaração como Corpo Congregacional sobre a Nicaragua


     
    Condenar a violência em curso na Nicarágua
    Solidariedade e Desejos de Paz na Nicarágua.


    Nos últimos meses o povo da Nicarágua tem sido vítima de violência e repressão, exercidap or seu governo, por causa de seus protestos contra as medidas repressivas em relação aos direitos humanos adotadas pelo governo de Daniel Ortega. Segundo informações de organizações internacionais, mais de 300 pessoas foram mortas pelas forças militares. Houve também relatos de um grande número de nicaraguenses torturados e desaparecidos.

    As igrejas e conventos foram transformados em abrigos para as pessoas que fogem da violência. Expressando sua dor diante desses fatos, o Papa Francisco endossou o retorno ao diálogo que rejeita a violência e a repressão e o compromisso de respeitar a independência e a liberdade e, acima de tudo, respeitar a vida de todas as pessoas.

    Diante desta ameaça à vida e aos direitos humanos, nós, Irmãs de São José de Chambéry, condenamos esta violência permanente e expressamos nossa solidariedade ao povo nicaraguense. Nós nos unimos em oração com religiosos e religiosas que se ocupam em cuidar da população e que, em consequência das associações estabelecidas em suas missões na Nicarágua, repudiam a ameaça à vida humana e à abolição dos direitos humanos.

    O tempo agora para esta nação centro-americana não é para a criação de mártires, mas desenvolver a compreensão. Juntamente com a Igreja Católica da Nicarágua, com a Conferência dos Religiosos da América Latina e do Caribe, com crentes, irmãs e irmãos de outras igrejas e religiões, assim como com os não-crentes, expressamos nossas preocupações e pedimos que essa repressão cesse imediatamente. Como mulheres cujo carisma é ajudar a facilitar a união entre todas as pessoas, criando assim relacionamentos pacíficos, nós pedimos aos líderes do governo que parem
    com essa opressão.

    Ao expressar nosso anseio pela recuperação de um ambiente de paz, reafirmamos que somente o diálogo e o respeito pela democracia poderão salvar a coexistência harmoniosa e o desenvolvimento social que beneficiam a humanidade e trazem a paz. Oramos para que Deus ilumine os líderes desta nação, para que eles tenham a clareza de cuidar da vida das pessoas e não apenas dos interesses econômicos, para que todos possam ter vida e vida em abundância (João 10, 10).

    Pedimos às mais de 1450 Irmãs de São José de Chambéry, aos associados e Leigos do Pequeno Projeto, servindo em 19 países, e a todas as pessoas de boa vontade que se unam a nós em oração e compromisso com este país.

    A Superiora Geral em nome do Conselho Geral
    Irmã Sally M. Hodgdon

    Roma, 10 de agosto de 2018
     




    Compartilhe:


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.
    Leia também:
  • 11 de Nov, 2018

    Dois de outubro: Dia internacional da Não-violência


     A Comissão Internacional de Justiça, Paz e Integridade da Criação elaborou um roteiro de oração dedicado à Não-violência, convidando toda a Congreg... leia +
  • 05 de Out, 2018

    Trabalhadores Migrantes: Uma Experiência Ásia-Pacífico


    A recente Conferência Regional sobre Trabalhadores Migrantes com realidades asiáticas foi a terceira na série de reuniões que trataram das questões ... leia +
  • 11 de Ago, 2018

    Encontro Internacional da Comissão de Comunicação


    Comunciadoras de Esperança Profética  A Comissão Internacional de Comunicação da Congregação está reunida em Garibaldi de 08 a 13 de agosto para o ... leia +
  • 24 de Jun, 2018

    PROJARI, uma experiência de comunicação construtora da paz


     A Associação Beneficente São José, entidade das Irmãs de São José, através do projeto PROJARI, desenvolvido há 31 anos na cidade de Guaíba-RS/Brasil,... leia +
  • 03 de Abr, 2018

    Diálogo Internacional sobre Migração


     Os Estados membros das Nações Unidas têm estado em conversações e negociações recentes sobre o Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regu... leia +
  • 28 de Fev, 2018

    Pobreza multidimensional abordada na ONU


     Com o foco no SDG 1 (Fim da pobreza em todas as suas formas em todos os lugares), o tema da 56ª Comissão de Desenvolvimento Social deste ano (29 de j... leia +
  • 19 de Dez, 2017

    Declaração Universal dos Direitos Humanos


     Em 11 de dezembro, eu estava na ONU, em Nova York, para o início de uma campanha de um ano para marcar o 70º aniversário da Declaração Universal dos ... leia +
  • 20 de Nov, 2017

    Migrantes e a ONU


     Durante a minha presença mais recente na ONU, em Nova York, em 2 de novembro, ouvi o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados dirigir-se ... leia +
  • 19 de Out, 2017

    CARTA ABERTA


     CARTA ABERTA DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DE SÃO JOSÉ DE CHAMBÉRY   “Justiça e Paz se abraçarão” (Sl 85,11). “Eu vim para que todos/... leia +
  • 27 de Abr, 2017

    JPIC: Pinta-nos com a cor da carne


     O ser humano que somos é a revelação de Deus a ser descoberta e construída. Ele se encarna para que o nosso corpo assuma a cor de Sua carne, que noss... leia +