Escolha seu idioma:
Choose your language:
Seleccione su idioma:
Scegli la tua lingua:
Choisissez votre langue:
  • Comissões Internacionais

    20 de Nov, 2017

    Migrantes e a ONU


     Durante a minha presença mais recente na ONU, em Nova York, em 2 de novembro, ouvi o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados dirigir-se à Terceira Comissão da Assembleia Geral sobre a situação dos refugiados e das pessoas deslocadas em todo o mundo. Fiquei atônita ao saber que, no momento, existem 66 milhões de pessoas deslocadas, mais do que em nenhum outro tempo na história, inclusive imediatamente após a Segunda Guerra Mundial. Deste número, 44 milhões são pessoas deslocadas internamente cujas necessidades são freqüentemente esquecidas. Igualmente incrível para mim foi perceber que que os países que receberam mais de 80% dos refugiados estão se desenvolvendo ou são países de baixa renda que precisam de apoio financeiro para responder às necessidades destes refugiados.  Neste momento, as organizações humanitárias estão sendo complementadas por outros grupos, incluindo o FMI.
     
    A necessidade de abordar as causas do deslocamento é destacada com ênfase na importância de assegurar a paz, já que muitas pessoas são forçadas a deixar sua terra natal por causa de conflitos e meda da violência. Isso foi reiterado no dia seguinte, graças ao presidente do Conselho de Segurança (da Itália) que tratou da situação dos refugiados. Mais uma vez eu ouvi o Alto Comissário para os Refugiados abordar esta questão e os membros do Conselho de Segurança reiterarem a importância de serem mais eficazes para levar a paz às situações de conflito.
     
    Barbara Bozak
     




    Compartilhe:


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.