Escolha seu idioma:
Choose your language:
Seleccione su idioma:
Scegli la tua lingua:
Choisissez votre langue:
  • Conselho Amplo 2017

    26 de Set, 2017

    Novos Apelos para a Missão


     A reflexão sobre Missão continuou nesta terça-feira. Abriu-se a sessão com o relatório dos grupos sobre novos apelos para a congregação e os critérios necessários para avaliar uma missão. Os apelos foram muitos, alguns são locais, limitados a certa sociedade, enquanto a maioria são universais, evidentes em todo o mundo. Entre os apelos mais destacados encontram-se: imigrantes e refugiados, tráfico humano, violência doméstica, mulheres, viciados, povos indígenas, abuso sexual e conflitos na comunidade. Alguns dos critérios usados para a avaliação de uma missão, são, também, importantes para qualquer ministério. Estes incluem, em qualquer engajamento: estar enraizadas numa opção pelo pobre, sustentabilidade (considerando finanças e pessoal), o resultado do discernimento e uma visão crítica. Se o foco é sobre uma certa Irmã para ir a uma missão, os critérios devem ser mais amplos e incluir: vontade de aprender a língua, assegurar que é a pessoa certa para aquela necessidade e verificar que é, verdadeiramente, uma escolha pessoal alcançada através do discernimento.
     
    Com todas estas informações nas mãos, as participantes entraram num processo de diálogo contemplativo para escutar aonde o Espírito poderia levá-las. Foram lembradas de que este processo não se refere ao que elas pensam, mas aos sentimentos que surgem ao escutarem seu próprio coração. Precisam estar atentas ao que sentem e trazer isto na conversação que é construída na profunda escuta das outras, abraçar o silêncio, usar poucas palavras e ver quais as novas possibilidades que vão surgindo. Quando voltaram à assembleia, relataram que fizeram experiência de tranquilidade, comunhão e escuta atenta, e partilharam os resultados de suas discussões. Depois, reuniram-se em grupos de três para determinar três apelos concretos que poderiam ser assumidos por toda a congregação ao tentarmos ir a novas periferias. O apelo ouvido por muitas foi o de trabalhar com imigrantes e refugiados. Várias sugestões foram dadas: abrir uma comunidade em região de fronteira onde os refugiados e imigrantes chegam; cada província, região, missão ajudar uma família de refugiados ou imigrantes, assegurando-lhe uma vida digna; apoiar nossa missão na Suécia. Outro apelo comum foi o de trabalhar com a juventude: ajudar os jovens a aprenderem novas habilidades; ensiná-los ao bom uso da tecnologia; encontrar meios para sustentar sua fé e dar oportunidade para fazer uma experiência de Deus. Enquanto os apelos estão ficando mais claros, o trabalho sobre este assunto não está ainda completo.
     
     À noite, o Bispo de Oslo celebrou a Eucaristia conosco. Após o jantar, ele e um Pastor Luterano falaram com as Irmãs sobre a Igreja na Noruega e o movimento ecumênico no país. Foi uma apresentação muito interessante seguida de um diálogo aberto e franco.
     




    Compartilhe:


    COMENTÁRIOS
    Iraci de Fátima Cirino dos Santos
    26/09/2017
    Retomando com mais tranquilidade o desenvolvimento do Conselho Amplo é notável a presença do Espírito Santo que conduz a Congregação para novas respostas para maior visibilidade ao nosso Carisma de Comunhão. Ao mesmo tempo é um apelo a colocar-se a caminho como resposta aos apelos de Deus hoje. Em unidade e preces.


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.