Escolha seu idioma:
Choose your language:
Seleccione su idioma:
Scegli la tua lingua:
Choisissez votre langue:
  • Conselho Amplo 2017

    18 de Set, 2017

    Implementação do Capítulo Geral


    Dando continuidade à jornada do encontro entre nós, as irmãs ouviram atentamente cada província, região e missão que apresentaram como elas iniciaram a implementar as decisões do Capítulo Geral 2015. Enquanto as realidades de cada país são únicas e há diferenças mesmo dentro de um pequeno país, pudemos ouvir certos temas serem repetidos como um refrão. A decisão de enfocar a missão, a espiritualidade, a formação e a vivência como corpo congregacional tem relatado as escolhas de cada província, região ou missão nos últimos dois anos.

    Tanzânia enfrenta o desafio da inculturação da vida religiosa quando as seis Irmãs são de três países diferentes, três culturas diferentes, e vivendo numa cultura que é estranha para todas. Elas estão fazendo o melhor possível para entrar na cultura local, mas isto nem sempre é fácil. Os Estados Unidos criaram uma Equipe de Espiritualidade Inaciana, móvel, a qual já ofereceu várias oportunidades de formação contínua. Em outubro, em sua assembleia provincial, elas vão criar um grupo para iniciar com a resolução de conflitos e outra, para educação/formação contínua. Dinamarca focou a missão, de muitas formas, visto que as Irmãs tiveram que deixar a Casa Mãe e serem transferidas para uma casa de repouso pública. Lá elas encontraram um novo ministério – passar tempo com e escutar aquelas pessoas que são sozinhas, acompanhando os que estão morrendo, fazer amizade com outras que são rejeitadas. Embora sejam poucas, as Irmãs na Noruega reconhecem que foram chamadas a construir pontes, especialmente entre Luteranos e Católicos. Elas escolheram continuar e expandir seu trabalho com a Espiritualidade Inaciana, não só oferecendo direção espiritual e retiros, mas também treinamento de outros, Católicos ou Luteranos, como diretores espirituais. A Suécia continua sendo uma presença acolhedora para refugiados e imigrantes, pessoas marginalizadas da sociedade.

    Na Índia, a Província de Nirmala assumiu ser parte do corpo congregacional abraçando os assuntos propostos pela Comissão Internacional JPIC e preparar uma Irmã para a missão na Tanzânia. Pachmarhi está saindo para as periferias do nosso mundo com um enfoque nas mulheres e crianças. Comprometeu-se com a educação das crianças pobres, sejam elas das vilas onde não há escolas ou as que são física e/ou mentalmente desafiadas. Nagpur também escolheu dar mais atenção às mulheres, especialmente às prostitutas e àquelas que sofrem violência doméstica, assim como a comunidade LGBT. Por outro lado, Tanmaya decidiu estender sua missão, em resposta ao Capítulo, colaborando com as iniciativas do governo de dar aos que deixam a escola o treinamento necessário para conseguirem um emprego razoável. As Irmãs no Paquistão escolheram dar especial atenção à qualificação das mulheres, através de centros de corte e costura, e tendo um olhar voltado às famílias fazendo-lhes visitas regulares. Na Região Bolívia foram organizados encontros intercomunitários visando à capacitação das Irmãs para reconhecer e mediar conflitos; retiros inacianos anuais para todas as Irmãs. No enfoque de Corpo Congregacional, as Irmãs assumiram a prática de um estilo de vida ético e a reflexão sobre a sustentabilidade dos espaços de missão na Região.

    O tempo não permitiu que todos os relatórios fossem relatados hoje. Diversas Irmãs falaram que ficaram muito tocadas pelos relatórios feitos. Regi (Tanmaya) ficou “tocada e desafiada e se emocionou” com o que ouviu. Marianne (Dinamarca) destacou o quanto ficou claro que “as Irmãs estão tentando ousar o Mistério do Encontro”, tema de nosso encontro. Josiane (Tanzânia) falou da “coragem das Irmãs no Paquistão na busca de se reorganizarem para dar continuidade a sua missão”. E, Jona (França) disse que os relatórios “confirmam que a missão continua em todas as etapas da vida”.
     




    Compartilhe:


    COMENTÁRIOS
    Linda Pepe
    22/09/2017
    I am filled with inspiration and admiration for our sisters in Denmark and Norway when I read of their involvement and mission to others, despite their own loss and the reality of aging. I think Jona said it best, "It confirms that mission continues at every stage." I know this "mission" outreach is being done in France as well, and I hope it will be a model for our Congregation as we move forward in our various realities. Thank you for this sharing from the heart!

    NOVICES & SR. ANNIE (FRANCE)
    19/09/2017
    We feel energised and inspired as we update ourselves with the sharing of the Provincials. We continue to pray for you.


    Envie seu comentário!

    *Campos marcados com  barra são de preenchimento obrigatório.